Operadores de Telemarketing

O escritório Machado e Sanches conhece bastante a realidade dos operadores de telemarketing, nossa experiência como advogado trabalhista sp é vasta. Já defendemos clientes, por exemplo, contra seguintes empresas:

 - Almaviva

- Atento

- BT Call Center  

- CBCC(Casas Bahia)

- Consultel

- Contax

- Daruma

- Empreza

- Konecta

- Mapfre

- Net Serviços

- Nextel

- Oi

- Orbital

- Porto Seguro

- Teleperformance

-  Tivit

- TSA

- Vermont

- Outras.

Em geral, o assédio moral busca um objetivo: desmotivar o trabalhador(a).

As vezes, o intuito é que o trabalhador peça demissão e abra mão dos seus direitos. Outras, é uma maneira de agredir emocionalmente evitando assim que o sinta apto a disputar cargos superiores na hierarquia da empresa.

Principais Situações

Casos reais que já passaram em nosso escritório.

Monitoria nas regras do coordenador

Operador é humilhado em reunião com reprodução dos atendimentos. Coordenador expôs apenas os piores.

Comissão lá embaixo

Vende, vende, vende na PA e as comissões só caem. Empresa não repassa os valores corretos e avisa: acha ruim? Pede as contas.

Foi ser testemunha? Entra às 5 da manhã

Operadora testemunhou em um processo contra empresa e foi premiada com novo horário, passou a entrar às 5h.

Assinar advertência pra tudo

Faltou porque foi no médico? Foi ao banheiro e não avisou? Advertência para tudo e sem qualquer critério. 

Metas absurdas/Metas mutantes

Ou a meta é impossível ou a meta muda no meio do mês. Só quem bate as metas são os queridinhos puxa-sacos.

Me traz um café, agora!!

Para forçar a pedir as contas, Supervisora tirou a operadora da P.A., fazendo-a sua serviçal apenas para servir cafézinhos.

O Que Não Fazer?

Pedir demissão.

Nunca peça demissão se a empresa está agindo de maneira injusta com você. É isso que eles querem.

Só peça demissão se for por vontade própria. Garanta seus direitos.

Qual a solução?

Procure seus direitos. Defenda-se.

Anote todos os acontecimentos, com data e hora. Converse com os colegas, peça ajuda. Tenha sempre alguém perto para ser sua futura testemunha.

Em qualquer caso, procure um advogado.

 

  • Google+ Quadrado Preto
  • Facebook quadrado preto

© Machado e Sanches | 2017

​​​​Rua Libero Badaró, 101, São Paulo-SP

08:30h às 18:00h

(11) 3181-8503